CIRURGIAS

Doença do Refluxo Gastroesofágico

Introdução: Dados epidemiológicos norte-americanos sugerem que 36 a 44% da população adulta já experimentou sintomas de azia uma vez na vida e 7% se queixam do sintoma diariamente. Estima-se que no Brasil 15% das pessoas apresenta algum grau de refluxo.

Quadro Clínico: Pirose (azia) e regurgitação de alimentos são os sintomas mais comuns. Outros sintomas como tosse, pneumonia de repetição, asma de início em idade adulta, rouquidão, otites de repetição, sinusite e hipersalivação podem estar presentes.

Fatores Predisponentes: Hérnias de hiato, obesidade, erros alimentares, sedentarismo e uso de abusivo de álcool.

Diagnóstico: O diagnóstico é feito através dos sintomas associados a exames complementares. Primeiro exame a ser realizado é a Endoscopia Digestiva Alta. Se persistência de dúvida diagnóstica podemos lançar mão de PHmetria. Manometria esofágica será realizada no caso de opção por tratamento cirúrgico.

Tratamento: Pode ser realizando o tratamento clínico através de mudanças de hábitos alimentares, realizado pequenas refeições a cada 3 horas e evitando alimentos ácidos, café, bebida alcoólica, refrigerantes etc. Atividade física regular e perda peso ajudam no controle da doença. Medicação bloqueadora da produção de ácido do estômago é a mais utilizada e eficaz atualmente. Outra opção é o tratamento cirúrgico conhecido como hiatoplastia associado à válvula anti-refluxo. O Tratamento cirúrgico deve ser indicado em casos selecionados individualizando cada paciente.

11 3167-3886 | 3167-3887

Rua Tabapuã, 1123 - conj 21/22 - São Paulo - SP

contato@gastrokt.com.br